Tratamento da água e manutenção da vida

Tratamento da água e manutenção da vida

Um ser humano não consegue sobreviver sem ela, tanto para o consumo como para a realização de atividades básicas como tomar banho, lavar a louça, escovar os dentes, cozinhar, dentre outros, precisamos da água.

A água é um dos bens mais preciosos e fundamentais à vida.

Também existe água no vaso sanitário, que recebe os dejetos humanos como fezes e urina e, ao ser direcionado ao esgoto, precisa de tratamento.

O tratamento da água é fundamental para evitar doenças e contaminações como diarreias, contato com parasitas, infecções e até a morte.

Por isso, a água é tratada em estações de tratamento com o objetivo de oferecer um serviço de qualidade à população, prezando pelo saneamento básico.

Para entender como funciona uma estação de tratamento de água é preciso entender primeiro o que são efluentes. Esses materiais são resíduos que podem vir dos esgotos, das indústrias, redes pluviais e que podem ser lançados no meio ambiente.

Se esse material for descartado de forma inadequada, como é em muitos locais do Brasil hoje, o resultado é poluição ambiental e proliferação de doenças. Um grande problema que temos no Brasil é o descarte inadequado do esgoto.

Muitas vezes, o resíduo é descartado no mar ou rios, contribuindo para um crescente de poluição. Por isso, confira os processos de tratamento de água e como ele é realizado.

Como a água é tratada?

Primeiro é importante entender os procedimentos que serão realizados na estação de tratamento e seus objetivos. A intenção do tratamento é:

  • Remover as bactérias, parasitas e micro-organismos que afetem à saúde humana;
  • Corrigir a cor da água, assim como seu sabor e cheiro;
  • Reduzir o turvo da água assim como a presença de metais pesados como ferro.

É uma obrigação dos serviços de abastecimento de água, oferecerem um serviço de qualidade, visando prezar pela saúde da população. É ideal que a água obtenha a qualidade recomendada e se apresente de forma insipida e incolor.

Além disso, o tratamento é exigido por conta de inspeção sanitária, que visa realizar o controle de bactérias e doenças em sociedade.

A água tratada pode vir da chuva, de mananciais ou rios, bacias e no caso do esgoto, chama-se estação de tratamento de esgoto. Esse tratamento envolve também a distribuição da água até as pessoas, que pagam pelo serviço.

A etapa do processo começa com a Coagulação e Floculação, ou seja, existe o agrupamento de impurezas presentes na água. Geralmente, são utilizados agentes coagulantes como Sulfato de Alumínio.

Outra etapa importante é corrigir o pH da água, ou seja, o índice de acidez. Será aplicada um Cal hidratada, material alcalinizante.

Com o agrupamento das impurezas, existe o processo de decantação, ou seja, existe a separação da água das impurezas, por meio da gravidade. Após esse processo, ocorre a filtração, ou seja, a água é encaminhada para um filtro, com areia e camadas.

Além disso, existe um sistema de drenagem que ajuda a reter as impurezas que ainda estão na água.

Ocorre também a desinfecção da água por meio de agentes químicos e físicos. Como ainda existem micro-organismos na água, a ideia é terminar de aniquilar os restantes. Podem ser aplicados cloro, ozona e íons de prata, por exemplo.

Após isso, a água está quase pronta para o consumo. Ocorre a aplicação de flúor e a distribuição para a população.

Uma alternativa ao tratamento de água

Muitas vezes, a pessoa tem uma caixa de água que está sem água tratada. Existe uma forma mais urgente se separar os materiais impuros da água.

Isso ocorre por meio da aplicação de uma resina catiônica. O processo ocorre da seguinte forma: a água possui cátions e ânions (elementos químicos) que contribuem para a formação de resíduos sólidos presentes na água.

Esse material é utilizado inclusive, em muitos processos industriais que acabam gerando um resíduo por meio de seus processos.

Ou seja, a ideia na utilização desse produto é remover os íons que fazem mal à saúde, mas que estão presentes na água.

Esse material também é conhecido como Resina mista para filtro deionizador, que é considerado um material muito vantajoso em sua utilização pelo excelente custo benefício e rápido processo e atuação na purificação da água.

Seu grau de pureza da água, permite o uso do material para:

  • Formula de remédios;
  • Em cosméticos;
  • Para bebidas;
  • Em alimentos que precisam de água.

Outro material importante é o Filtro para remoção de ferro e manganês, que atua de forma automatizada e retira esses materiais que afetam a qualidade da água.

O excesso desse material causa odor e gosto desagradável na água, além de uma cor amarelada e manchas, não sendo recomendada pela Vigilância Sanitária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *