Técnicas para a Educação Ambiental

Técnicas para a Educação Ambiental

A educação ambiental é um tema que vem ganhando cada vez mais espaço na mídia, uma vez que a natureza pede socorro cada vez mais alto.

No entanto, ainda assim existe uma grande dificuldade em inserir esse tema na educação básica, já que não se conhece as melhores técnicas para esse fim.

A fim de solucionar esse problema, no material de hoje, estamos trazendo algumas informações e dicas para realizar a inclusão da educação ambiental no cotidiano.

Dito isso, para aprender sobre o tema e passá-lo em diante, basta continuar com a sua leitura até o final!

Por que apostar na educação ambiental?

Não é de hoje que o planeta Terra dá sinais evidentes de que as ações humanas são responsáveis por tamanho desastre em sua biodiversidade.

No entanto, ainda somos acostumados a observar esses sinais de forma corretiva, sempre pensando em como contornar a situação, e nunca em evitá-la.

Isso não ocorre por um acaso, já que, infelizmente, nem sempre a educação ambiental fez parte da vida em sociedade, pois antigamente este não era um assunto de relevância.

Mas sabemos que a falta de consciência é um dos fatores que mais agravam a saúde do planeta, já que é por esse meio que muitos acabam não se atentando as ações de risco.

A educação ambiental vem justamente para mostrar a responsabilidade do ser humano com suas ações e consequências causadas ao meio ambiente.

Além disso, por meio da educação ambiental, também é possível perceber que uma árvore derrubada não é apenas matéria-prima para a indústria, sendo principalmente um pedaço da biodiversidade terrestre que se vai.

Este é apenas um exemplo, já que a educação ambiental aborda diversos pontos e assuntos, a fim de que os indivíduos possam perceber os impactos de cada uma de suas ações.

Não há forma de mudar esse cenário se não por meio da conscientização, que pode ser feita em qualquer lugar e faixa etária.

Técnicas para incluir a educação ambiental na rotina 

Como vimos no tópico anterior, a educação ambiental não é importante apenas para a manutenção da vida humana, sendo essencial para a sobrevivência do planeta Terra e de toda a sua biodiversidade.

No entanto, tamanha relevância não é suficiente para que as pessoas se atentem ao tema, já que poucos sabem sobre o significado e aplicação da educação ambiental.

Principalmente para quem não teve ainda experiência com o tema, pode ser mais difícil saber como incluí-lo no dia a dia e passar esse conhecimento em diante. 

Por isso, vamos agora conhecer algumas técnicas para a educação ambiental, que tornam mais simples e prático o processo de aprendizado.

Todas as técnicas abordadas a seguir serão bem simples, pois intenciona-se que possam funcionar para todas as pessoas, independentemente de faixa etária e pertencimento social.

Além disso, lembre-se que todas elas necessitam da colaboração e do comprometimento para que funcionem, então esteja determinado a vencer neste setor! 

Dito isso, confira as dicas:

1. Aborde esse assunto no dia a dia 

Pode até parecer óbvio, mas de que forma é possível tornar um assunto comum, sem que seja por meio da abordagem diária?

A educação ambiental não deve ser apenas tópico de reuniões ou aulas específicas, já que o intuito é trazê-la para a realidade e o cotidiano.

Por isso, se deseja começar a tratar sobre o tema, seja com crianças, adultos, jovens, desconhecidos, familiares ou com qualquer outro grupo, faça disso uma rotina.

Principalmente com crianças, é fundamental que criemos a ideia de que a preservação do meio ambiente é composta por atitudes diárias e recorrentes, não se resumindo a ações pontuais.

Tudo deve começar com atitudes comuns, como separação do lixo, economia de água e até mesmo o respeito e amor a todos os animais.

Perceba que todos esses pontos fazem parte da formação de uma rotina, que é exatamente o que se intenciona com a educação ambiental.

A intenção não é formar cidadãos cientes, mas sim, conscientes de suas ações e colaborações para a preservação do planeta.

Então, seja em sua casa, em seu trabalho ou em qualquer outro ambiente, faça mudanças que estimulem um dia a dia mais sustentável e consciente!

2. Reuniões de trabalho são excelentes oportunidades 

Você já parou para pensar que, quando falamos em educação ambiental, focamos principalmente nas crianças?

Esse pensamento até faz sentido, já que elas são o futuro, e quanto mais conscientes forem, melhor será o cenário.

No entanto, não podemos nos esquecer de que os adultos também devem colaborar e se responsabilizar pelas mudanças, por menores que estas sejam.

O ambiente de trabalho é um excelente local para iniciar esse tipo de abordagem, especialmente para quem ocupa cargos de gestão e administração.

Nesse caso, uma boa tática é exigir algum curso online sobre o tema, já que esse é um meio rápido e fácil para aprender o básico.

Além disso, invista em reuniões frequentes sobre o assunto e aposte em iniciativas ecológicas para a empresa.

Um bom exemplo é conscientizar os funcionários sobre a economia de água e o uso de papel reciclado.

Pode parecer algo simples, mas já é suficiente para criar nem que seja o mínimo de consciência e costume de preservação ambiental.

De todo modo, use sua criatividade para isso, e aposte em um curso online para te ajudar nesse processo!

3. Crie formas descontraídas de falar sobre o tema 

A educação ambiental não deve ser algo chato e massante, já que o intuito é sempre demonstrar que a preservação é algo legal e interessante.

Por isso, esqueça palestras chatas e aposte em dinâmicas divertidas, uma vez que certamente terá maiores chances de sucesso.

Não adianta pedir às crianças que escrevam redações longas sobre preservação, pois o visual atrai muito mais, e a prática será muito mais interessante para elas.

Em casa, em vez de brigar para realizar a reciclagem, faça uma atividade divertida com os materiais reciclados, pois será muito melhor.

De todo modo, estes são apenas exemplos, já que você deverá adaptá-los de acordo com suas necessidades e realidade.

Mas lembre-se que a diversão e as boas experiências são sempre meios interessantes de conseguir criar consciência a respeito da educação ambiental.

Por isso, agora que sabe o processo, não deixe de segui-lo, pois será muito benéfico para a vida de todos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *