Sustentabilidade na indústria e na construção civil

Sustentabilidade na indústria e na construção civil

Todas as ações que o homem realiza a fim de transformar o meio em que vive causam impactos no meio ambiente, sejam suas ações industriais, com a produção química, alimentícia, ou como na construção de casas, prédios, pontes entre muitas outras edificações.

Esses impactos possuem diferentes níveis, alguns maiores, outros menores, porém, o fato é que por conta de um crescimento potente das indústrias e das construções, o esgotamento das matérias-primas e a transformação dos climas, fez com que o mundo empresarial e da construção integrassem em seus planos de negócios a palavra sustentabilidade.

Assim, os temas como coleta seletiva dentro das construções, reciclagem de resíduos sólidos, e aplicação de filtros nas chaminés das fábricas se tornou cada vez mais importante, principalmente, quando aconteceu a Conferência Internacional do Clima conhecida como RIO 92, no Brasil, na cidade do Rio de Janeiro.

Desta maneira, são muitos os pontos que podem ser levados em consideração para que a sustentabilidade fosse cada vez mais importante, um exemplo, é a adesão mais estratégica da manutenção industrial ao invés da compra de novos equipamentos.

Ao longo desse artigo, tentaremos mostrar alguns aspectos, tanto da indústria, como da construção que são fundamentais pra o desenvolvimento sustentável dessas áreas.

A reciclagem na indústria

Um dos principais aspectos da indústria é a produção de resíduos, e para que a sustentabilidade seja possível é necessário investir em aspectos e métodos de reciclagem desses resíduos.

Reciclagem consiste na reutilização dos materiais, que em uma linhagem mais tradicional seria descartado ao meio ambiente.

De acordo com o IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada reciclagem está presente em apenas 8% das cidades brasileiras, de modo que é um negócio a ser investido.

Isso também demonstra o fato que as reciclagens na indústria devem ser mais discutidas, como a reciclagem de papel e cartão desses setores.

Quando uma indústria detêm políticas e metodologias de reciclagem, muitos benefícios são gerados como:

  • Economia nos gastos de matéria-prima;
  • Diminuição dos preços;
  • Maior competitividade;
  • Maior possibilidade de negociação.

E um dos maiores benefícios está atrelado diretamente ao menor impacto causado no meio ambiente, principalmente, quanto a exploração dos recursos naturais.

Deste modo, o meio ambiente garantem a melhor regeneração, a diminuição dos efeitos climáticos, e uma melhor qualidade de vida para a sociedade.

Deste modo, desde o uso de fertilizante foliar mineral, até aspectos de reciclagem causam grandes impactos.

A diminuição de resíduos na indústria, além de serem usados dentro de grandes processos, pode começar em pontos básicos do cotidiano dos colaboradores como a adesão de garrafinhas de água ao invés de copos descartáveis, de canecas e xícaras que podem ser lavados ao contrário de copinhos plásticos, e se possível o uso de materiais reciclaveis como papéis reciclados entre outros.

A sustentabilidade da construção civil

As construções civis são outro setor que possui grande impacto ambiental e que aos poucos vem procurando meios de tornar a gestão de resíduos, entulhos, e também o uso de materiais de construção mais sustentáveis e adequados.

Em alguns municípios, são dados desconto aos impostos prediais e sobre casas, no chamado IPTU Verde, para que as pessoas invistam em construções verdes e sustentáveis.

Abaixo falaremos sobre vários aspectos importantes para a sustentabilidade da construção civil e suas etapas, da topografia triangulação, entre outros.

1. As green buildings

É um conceito em inglês que visam se referir as edificações verdes ou também construções sustentáveis.

As construções verdes consiste em todos o planejamento da construção, da concepção, construção e até mesmo sua possível demolição seja o menos impactante ambientalmente possível, e ao invés de trazer malefícios à sociedade, consegue, de algum modo, gerar elementos econômicos, ambientais e de saúde.

As green buildings também visam materiais ecológicos como o tijolo ecológico, que causam muito menos impactos. Esse tijolos são feitos de materiais reciclados e que gastam menos energia na produção.

2. Gerencie os resíduos gerados

Outro aspecto das construções verdes são o gerenciamento dos resíduos gerados. É preciso fazer a coleta seletiva dentro da obra, a triagem dos resíduos, e então ser levados para o descarte correto.

Esse gerenciamento também permite que os resíduos que são possíveis sejam reciclados. Com tudo isso em mente vimos que é possível sim a diminuição do impacto ambiental, tanto de indústrias como de construções civis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *