Práticas sustentáveis urbanas e rurais

Práticas sustentáveis urbanas e rurais

É cada vez mais fundamental adotar práticas sustentáveis, seja em nossas casas, nas ruas ou em nossos empregos. Com o passar do tempo, as pessoas vão degradando continuamente os rios, os campos, as florestas e todos os ambientes em que vivem, e isso pode trazer consequências irreparáveis em um futuro não tão distante.

No setor de construção civil, por exemplo, muitas das práticas construtivas acabam prejudicando a qualidade do meio ambiente, seja do espaço em que está ocorrendo a obra, ou propriamente do ar, muito por conta das máquinas que são utilizadas e pelas formas que essas obras ocorrem, sem o acompanhamento ambiental adequado.

Dessa forma, esse artigo trará algumas ideias importantes para que empresas e propriamente as pessoas possam absorver e utilizar no dia a dia, diminuindo a constante degradação ambiental que o mundo vem passando nos últimos tempos.

Licenciamentos

Primeiramente, é preciso abordar a importância do controle de diversas atividades que ocorrem no país. Muitas das atividades, como construções, processos industriais, produção de alimentos, entre outros, podem prejudicar o ambiente, principalmente, por meio, da poluição.

Dessa forma, toda empresa, indústria ou estabelecimento que for iniciar uma operação, precisa inevitavelmente obter uma licença de operação, que é uma regulamentação para garantir que as operações sejam seguras e não prejudiquem o meio ambiente de forma agressiva.

Além disso, algumas operações, como propriamente a do setor de construção civil, são potenciais poluidoras do meio ambiente.

Dessa maneira, é fundamental que essas práticas sejam acompanhadas pelo órgão público, que tem o dever de interferir caso as condições apresentadas das obras não sejam as melhores possíveis para o meio ambiente.

Em São Paulo, por exemplo, que é um estado bastante urbano, a construção civil é uma área extensa e muitas obras ocorrem simultaneamente, todos os dias.

Dessa maneira, é fundamental que as empresas obtenham uma licença ambiental Cetesb, que é o principal órgão regulamentador de atividades que podem poluir o meio ambiente de forma prejudicial.

Vale lembrar que não existe apenas esse tipo de licença, outras também são importantes para que as obras ou outras atividades importantes, sejam feitas de maneira segura e protegida, preservando o meio ambiente.

No entanto, certamente o licenciamento ambiental Cetesb é indispensável, principalmente, em um estado tão prejudicado pela ampla quantidade de carros e outros aspectos que prejudicam continuamente o meio ambiente.

Para que essas empresas encontrem esses licenciamentos, elas precisam ir atrás dos órgãos públicos responsáveis, sendo que, o tipo de órgão se modifica de cidade em cidade.

Como dissemos, em São Paulo, por exemplo, o Cetesb licenciamento é oferecido por esse órgão regulador, mas em outros estados a forma como isso acontece pode ser totalmente diferente.

Práticas novas

Em outros setores, como nos campos, em que a agricultura é bastante forte, as práticas se tornaram bastante prejudiciais para o ambiente.

Entre essas práticas, podemos mencionar:

  • Criação de gado exorbitantemente;
  • Queimadas;
  • Uso de agrotóxicos;
  • Uso de pesticidas.

Portanto, existem outras diversas práticas que são recorrentes e que prejudicam sistematicamente o meio ambiente, mas essas são algumas das principais.

Na criação de adubo, por exemplo, muitos produtores, agricultores ou pessoas comuns, costumam realizar a adubação de forma totalmente prejudicial para o meio ambiente, utilizando produtos e elementos incabíveis nos dias de hoje.

Para finalizar nosso artigo, falaremos de itens que podem ajudar nesses processos e que não danificam agressivamente o meio ambiente, como a utilização de adubo organomineral.

Diferente de outros tipos de adubos prejudiciais, o organomineral, como o próprio nome já diz, é formado por compostos orgânicos, misturados com diversos tipos de minerais.

Portanto, é natural que um produto orgânico seja muito menos agressivo para o meio ambiente do que os utilizados pelos grandes produtores do mundo rural.

O uso de fertilizantes também é uma prática que prejudica continuamente o meio ambiente, quando usada da maneira incorreta, com elementos danosos.

Uma opção que vem sendo bastante utilizada, pelas vantagens que apresenta, principalmente, em relação aos danos que causa ao meio ambiente, é a utilização de fertilizante organomineral classe A.

Assim como o uso de adubo organomineral é mais sustentável, os fertilizantes dessa área, que são formados pelos menos itens do anterior, também são menos agressivos para o meio ambiente e por isso devem ser utilizados no lugar de fertilizantes prejudiciais.

Adotar práticas como essas mencionadas ao longo do texto parece simples, mas ainda é um caminho longo que precisa ser traçado.

Além das grandes empresas e produtoras, que trabalham nesses setores utilizando elementos prejudiciais para o meio ambiente, as pessoas também podem fazer sua parte, adotando pequenas práticas cotidianas que podem fazer toda a diferença para que tenhamos um futuro próspero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *