Os diferentes processos de reciclagem

Os diferentes processos de reciclagem

O ser humano tem em sua característica a produção de resíduos sólidos, ou em uma linguagem mais comum, a produção de lixo e reciclagem.

A produção de lixo vem crescendo muito, principalmente quando olhamos atentamente para a geração contemporânea e dos millenials que começa a compreender toda a geração a partir dos anos de 1980, onde nascem na era dos computadores e da internet.

A partir do ano 2000, há a ocorrência de novos tipos de produção de resíduos, que são os chamados lixos eletrônicos.

No meio de todos esses processos de produção de lixo, e um mundo que foi entrando cada vez mais em colapso, a questão da reciclagem veio como uma obrigação para todas as pessoas.

Empresas, indústrias, particulares, ONG’s e diversos outros setores sociais vem se unindo em torno de uma vida reciclável.

Isto é, de uma vida voltada não apenas para a simples venda de sucata para um lugar específico, mas transformar a sucata em algo produtivo e que se for descartado novamente, podendo ser reutilizado, formando assim uma vida sustentável.

Mas para chegar a todo esse ideal é necessário entender o que vem a ser a reciclagem, como é feito o processo para cada material e qual sua importância.

O que é reciclagem?

É todo o processo em que ocorre a transformação de um resíduo sólido que não está tendo uso, ou que então seria não aproveitado, por meio de transformações físicas, químicas e até biológicas de modo que ele venha a ter novas características, tornando-se matéria prima novamente ou então um novo produto.

Essa definição é dada pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

A reciclagem funcionam em um sistema chamado de 3 R’s, que são: reciclagem, reutilização e redução.

A reciclagem é a conferência de uma nova composição ao resíduo, a reutilização diferente da reciclagem é dar uma outra função ao objeto que foi descartado e a redução consiste na diminuição do consumo de certos produtos com o intuito de que não haja mais a produção dessa embalagem.

Atualmente há quatro tipos principais de reciclagem que vamos falar melhor, que são:

  • metal;
  • papel;
  • plástico;
  • vidro.

Os principais tipos de reciclagem

Muito além da compra de sucata para utilização em alguma obra ou em algum trabalho da faculdade, reciclagem é um conceito amplo e que consiste dar uma nova característica a um resíduo descartado, podendo ser um novo produto ou novamente a matéria prima.

Atualmente, há quatro tipos de materiais muito reciclados:

Metais: a primeira etapa da reciclagem é na coleta do lixo, que deve ser feita em casa, separando metal do vidro e do papel. Depois de coletado, é levado até as recicladoras, onde é limpo, e colocado no processo de fundição de metal. Assim, ele se torna líquido, e se transforma em lâminas de metal, tornando-se novas latas.

Papel: assim que chega nas recicladoras é cortado em tiras, colocado em tanques de água quente, onde se transforma em uma pasta de celulose. Assim, retira-se a água e limpa das impurezas.

Por fim o líquido é disposto em uma tela de arame onde a água passa e as fibras fica. Depois, o material é seco e prensado por cilindros pesados a vapor e alisados por ferro, em seguida é enrolado em bobinas e voltando a ser papel.

Plástico: o processo mais simples é a trituração de plásticos de diversas densidades que se transformam em grãos. Eles são secos e lavados e então vendido as fábricas para ser reutilizado.

Vidro: o primeiro passo é separar o tipo de cor de vidro, sendo o incolor o de melhor qualidade. Depois o objeto é lavado, quebrado e então fundido, misturando-se areia e pedra calcária. Ainda quente o material recebe um jato de ar quente para ficar resistente e prontos para serem utilizados novamente.

Lixo eletrônico

O descarte de lixo eletrônico é o qu as pessoas menos se conscientizam e é por isso que sua reciclagem é de difícil acesso. Também os circuitos eletrônicos são formados por diversos tipos de materiais, fazendo com que a sua reciclagem não consiga ser 100% precisa.

A reciclagem de lixo eletrônico começa assim que chega na recicladora. É feito então um processo reverso ao de montagem, em que os circuitos são desmontados e separados, sendo cada um encaminhando para um tipo de reciclagem. Os que não são possíveis reciclar como alguns produtos químicos são descartados de maneira correta.

Assim, vemos que o processo de reciclagem é extenso e muito importante para que o planeta e as pessoas cultivem um hábito e uma vida sustentável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *