O papel do licenciamento e dos cuidados com o meio ambiente

O papel do licenciamento e dos cuidados com o meio ambiente

As ações para cuidar do meio ambiente são muito importantes para conseguir preservar todos os recursos naturais. A preservação de todos os recursos permite que as espécies animal e humana tenham mais qualidade de vida, bem-estar e todo o necessário para sobreviver.

Uma mudança de comportamento e hábitos pode ajudar no cuidado e preservação ambiental, diminuindo os impactos que as atividades econômicas e sociais causam.

Pequenas e simples ações podem parecer muito pouco para alguns indivíduos, mas causam um efeito muito positivo. Se cada pessoa fizer a sua parte diariamente, é possível contribuir para redução da degradação ambiental.

Isto posto, não jogar lixo no chão, ter um consumo consciente, economizar no uso da água e utilizar fontes de energia renováveis são apenas alguns exemplos do que pode ser feito para transformar o meio em que vivemos.

A importância da responsabilidade com o ambiente

O assunto de responsabilidade socioambiental é algo que diz respeito a todos (empresas e pessoas físicas). Nos últimos anos, os problemas de poluição, desmatamento e outras questões que geram impacto direto no ambiente aumentam.

Estes e outros problemas exigem medidas práticas e rápidas para tentar diminuir os estragos e assim preservar o que sobra.

Uma informação relevante é que todas as empresas que realizam atividades que podem causar efetiva ou potencialmente algum impacto ambiental, devem se submeter a um licenciamento ambiental.

O licenciamento é um tipo de exigência legal do poder público para um controle ambiental. A licença é um instrumento PNMA (Política Nacional de Meio Ambiente) que visa a melhoria, preservação e recuperação da qualidade ambiental.

O processo de licenciar deve ser executado junto de órgãos competentes, desde o processo inicial de planejamento até o momento de operação do negócio.

Os empreendimentos estão sujeitos a este licenciamento são: aeroportos, ferrovias, transportes, mineração, barragens, indústrias, rodovias, transmissão de energia, estação de tratamento de água, depósitos, entre outros.

No licenciamento ambiental existem diferentes fases:

  • LP (Licença Prévia);
  • LI (Licença de Instalação);
  • LO (Licença de Operação);
  • LPS (Licença de Pesquisa Sísmica).

Uma licença ambiental de operação visa certificar que o empreendimento foi construído conforme o projeto e de acordo com as leis ambientais.

Este documento deve ser solicitado depois da construção, pois ao ter esta licença o empresário está autorizado para iniciar as suas atividades.

O processo de licenças ambientais estão divididos nas esferas estadual e federal. O IBAMA licenciamento (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) cuida dos procedimentos de licenciamentos de atividades executadas em mais de um estado ou quando os impactos ambientais ultrapassam os limites territoriais.

Os órgãos estaduais cuidam das etapas de obtenção das licenças da esfera estadual. No âmbito empresarial, é necessário ter toda a documentação e licença para conseguir operar com qualidade e segurança, além de evitar problemas de multas.

O papel dos processos de descarte adequado de resíduos

As pessoas cultivam um hábito de pensar que coisas que não tem mais utilidade é lixo. Entretanto, nem tudo que é jogado no lixo significa que não possui uso, já que diversos materiais podem ser reciclados e assim ganhar uma nova chance de ser utilizado.

Uma empresa de descarte de resíduos pode realizar o processo de separação dos itens de modo simples, correto, e principalmente, seguindo a legislação vigente. A destinação adequada é muito importante para evitar problemas de degradação e poluição no solo e águas.

A separação é feita conforme a classificação: perigosos para os resíduos com alto poder contaminante e tóxico; os inertes que são considerados não contaminantes e os não-inertes com um possível potencial de contaminação.

Empresas e laboratórios que trabalham com materiais e substâncias consideradas de alto risco, precisam de um transporte de resíduos perigosos.

Este serviço pode ser feito por uma equipe que segue as regras estabelecidas pelos órgãos ambientais. Os resíduos são levados em um caminhão e são depositados em um local adequado, conforme a sua classificação.

Lixo eletrônico

Os resíduos eletrônicos se resumem em aparelhos e equipamentos que não funcionam mais. Realizar o descarte de equipamentos eletrônicos pode ajudar muito a diminuir os problemas ambientais.

O primeiro passo é levar o item para uma empresa ou ponto de coleta que recebe este tipo de resíduo. Um fator de grande importância para as pessoas é não desmontar o equipamento para descartá-lo.

Os itens que podem ser colocados nos postos de coleta são:

  • Celulares;
  • Notebook;
  • Pilhas;
  • Aparelhos de som;
  • Baterias;
  • TV e monitores.

As empresas especializadas realizam uma avaliação do que pode ou não passar por uma reciclagem componentes eletrônicos.

Os processos de reciclagem se resumem em: economia de energia, alivia os aterros sanitários, ajuda na geração de emprego, reduz os problemas ambientais.

Portanto, as mudanças de hábitos e os serviços especializados são o caminho para cuidar do meio ambiente, preservando os recursos naturais e garantindo qualidade de vida para todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *