Licenças ambientais tornam a economia verde uma nova realidade

Licenças ambientais tornam a economia verde uma nova realidade

Sustentabilidade é uma palavra que está em voga há pouco tempo, mas que faz parte do mundo dos negócios de forma séria, comprometendo diversos segmentos industriais.

A legislação empregada na proteção ambiental obrigou muitas fábricas e indústrias a se adaptarem aos novos tempos, procurando uma forma de proteger a natureza, pois é dela que muita matéria-prima é proveniente.

As produções industriais estão mais alinhadas à proteção ambiental, empregando diferentes processos e soluções que se adequam às necessidades diárias de eliminação de gases por meio de filtros em chaminés e construção de estações de tratamento de água e esgoto, diminuindo o impacto da poluição em suas localidades.

Até mesmo a participação da sociedade é importante neste momento, pois eles já procuram por produtos que estão relacionados a indústrias ligadas ao verde e meio ambiente.

Para as empresas que passaram a ser transparentes e se posicionaram quanto aos processos aplicados nas linhas de produção, apresentando alternativas voltadas para a preservação da natureza, a valorização aumentou entre os consumidores.

O relacionamento voltado à exploração de matéria-prima proveniente da natureza, o uso consciente de água e a aplicação de fontes de energia sustentáveis também passaram a fazer parte de diferentes pautas voltadas ao meio ambiente.

Até mesmo o descarte de resíduos sólidos, tanto pelas empresas quanto pelos consumidores passou a fazer parte de uma realidade mais sustentável, com aproveitamento de materiais recicláveis como um fator para a escolha nas gôndolas e prateleiras dos pontos de de venda.

Legislação muda comportamento industrial

A responsabilidade social das empresas mudou o formato de se fazer negócios. Isso é observado em escala global, já que muitos produtos são tipo exportação e muita matéria-prima é importada de outros países para o território nacional.

Com a legislação de proteção ao meio ambiente sendo válida em todo território nacional, muitas empresas precisaram solicitar a renovação de licença ambiental junto a órgãos públicos e fiscalizadores.

Esse documento tem como objetivo verificar que tudo está em ordem, identificando os danos e impactos ambientais e as soluções apresentadas pela empresa para minimizar os estragos e recuperar a área da melhor forma possível.

Entre os pontos observados, especialistas da área fazem estudos e pesquisas apontando:

  • Contaminação de lençóis freáticos;
  • Resíduos de processos industriais;
  • Descarte de resíduos sólidos;
  • Emissão de gases poluentes;
  • Interferência na fauna e flora nativa.

No estado de São Paulo o órgão fiscalizador que emite todos os documentos necessários para a continuidade dos trabalhos é a CETESB licença que verifica a localidade em que o empreendimento industrial está instalado, assim como as operações fabris e as necessidades de adaptação ou recuperação ambiental.

Economia verde é importante para o mercado

O mundo corporativo atua em diversos segmentos da produção industrial, refletindo na demanda que a sociedade clama diariamente.

Dessa forma, o esforço para que a natureza se recupere deve ser realizado de forma conjunta, com processos pertinentes para cada situação.

A empresa verde ganha cada vez mais espaço e destaque nas mídias sociais, denominação que é voltada para as corporações que adotam soluções inteligentes para a preservação do meio ambiente.

Com atos simples, como economia com a troca de lâmpadas nos ambientes fechados e estratégias de comunicação aplicadas em banheiros para o consumo consciente de água, esses procedimentos ganham dimensões que são amplificadas na sociedade, angariando cada vez mais participantes.

A parceria com institutos educacionais também fazem parte do projeto ambiental. A reciclagem de papel é estimulada, assim como nos escritórios corporativos, unindo uma tarefa simples que pode render mais árvores nas matas e florestas e menos processos químicos em fábricas e indústrias que não são de grande porte.

Especialistas atendem diferentes empreendimentos

Os profissionais que trabalham no setor de recuperação ambiental e transformação de resíduos sólidos em novos produtos atuam em diversos segmentos, por meio de uma empresa de reciclagem voltada para o mercado industrial e doméstico.

Essa nova realidade empregada pelas leis ambientais e a participação efetiva de empresas compromissadas com a economia verde tornam o mundo cada dia melhor, apesar de todas as consequências enfrentadas por anos de descaso.

A participação de todos é importante, desde as grandes corporações e conglomerados empresariais até as famílias e seus afazeres domésticos, com a compra de produtos recicláveis e separação de resíduos sólidos de maneira adequada, refletindo até mesmo na qualidade do ar interior dos ambientes.

Se cada um fizer a parte que lhes cabe, o meio ambiente se recupera e o equilíbrio é retomado. O aquecimento global é um alerta e as mudanças climáticas estão presentes no dia a dia da sociedade para lembrar que é preciso cuidar para poder usufruir. Tudo isso com respeito e seriedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *