Entenda mais sobre a aplicação das estações de tratamento

Entenda mais sobre a aplicação das estações de tratamento

O meio ambiente pode ser composto por todos os elementos com vida e sem vida que existem no planeta terra, que afetam os outros ecossistemas e a vida dos seres humanos.

Segundo a ONU (Organização das Nações Unidas) o meio ambiente pode ser definido como um conjunto de elementos químicos, físicos, biológicos e sociais que podem causar efeitos diretos ou não sobre os seres vivos e as atividades humanas.

Dessa forma, é possível dizer que o meio ambiente é o conjunto de unidades ecológicas que funcionam como um sistema natural e, portanto, é composto por toda vegetação, animais, microrganismos, rochas, solos e atmosfera.

Sendo essencial a vida, visto que engloba em sua composição os elementos naturais como água, o meio ambiente também precisa ser preservado e compreendido.

Diante de sua importância e necessidade, o conceito de desenvolvimento sustentável foi criado e vem sendo aplicado com o objetivo de proporcionar um equilíbrio entre o desenvolvimento da sociedade e a preservação dos recursos naturais para geração atual e futura, promovendo um espaço mais saudável e seguro a todos.

Produções industriais e as estações de tratamento

Com a crescente preocupação com a conservação do meio ambiente, as empresas passaram a ser cobradas pela sociedade para adotar em seus processos ações mais sustentáveis e ecologicamente corretas, refletindo positivamente e as mantendo competitivas no mercado.

Além das obrigações legais, as empresas passaram a contratar empresas de consultoria ambiental para rever todos os seus processos e identificar em quais pontos elas poderiam melhorar e quais sistemas poderiam ser desenvolvidos para minimizar os impactos da produção ao meio ambiente.

Dentre as principais medidas, está o desenvolvimento de uma estação de tratamento de efluentes industriais.

O que são ETE e para que servem?

As ETEs são estações de tratamento de efluentes que são os produtos, líquidos ou gasosos resultantes das ações humanas, podendo ser industriais ou domésticas.

As estações tem como objetivo tratar esses efluentes e devolvê-los ao meio ambiente de forma que eles não agridam ou causem prejuízos a ele.

No Brasil, há uma variedade de estações de tratamento e os modelos mais comuns utilizam cinco etapas para tratar os efluentes coletados, são elas:

  • Pré-tratamento;
  • Tratamento primário;
  • Tratamento secundário;
  • Tratamento do iodo;
  • Tratamento terciário.

De maneira geral, o tratamento de agua e efluentes são processos físicos, químicos e biológicos.

Na etapa do pré-tratamento são utilizados dois processos para separar os sólidos dos líquidos, sendo eles o gradeamento e a desarenação.

No primeiro são usadas grades metálicas que impedem a passagem de grandes e médios sólidos, sendo removidos e garantindo que os equipamentos funcionem em segurança.

A desarenação é para a remoção dos sólidos menores e arenosos, sedimentando. Após isso, eles vão para fundo por serem mais densos e são separados e removidos.

A etapa do primário consiste em processos físicos e químicos para remoção dos sólidos em suspensão sedimentáveis, materiais flutuantes e matéria orgânica.

No processo secundário da estação compacta de tratamento de esgoto, os procedimento são bioquímicos e tem como objetivo remover todos o material orgânico que não foi removido na etapa anterior, como o gás carbônico e material celular.

Nessa fase, o tratamento permite obter um efluente em conformidade com a legislação ambiental, atingindo o nível de até 95% de efluente livre de poluentes.

O iodo é toda matéria orgânica removida ao longo do tratamento e essa etapa consiste em tratá-los para que possam ser aproveitados na agricultura e em projetos de reflorestamento, sendo mais uma medida sustentável.

Por fim, a estação de tratamento de esgoto compacta preço realiza sua última etapa.

O tratamento terciário serve para deixar a água não potável utilizável novamente, não para consumo, mas para lavagem de calçadas e demais processos industriais que demandam desse recurso para sua produção.

Com isso, as empresas atendem a obrigatoriedade legal e ainda contribuem para processos mais sustentáveis e ecológicos, conservando rios, mares e ecossistemas necessários ao equilíbrio ambiental.

Os modelos de ETE compacta são os mais comuns, pois mesmo as empresas possuindo um alto fluxo de produção, os modelos compactos atendem a demanda e não ocupam muitos espaços.

Destinação correta dos resíduos

O setor industrial produz uma grande quantidade de lixos, resíduos e entulhos. Por isso, além da reciclagem o descarte apropriado é uma prática obrigatória e necessária ao desenvolvimento consciente e saudável.

Desse modo, a contratação de empresas de caçamba de entulho preço agregam ao sistema, pois elas realizam o descarte correto de todos os lixos gerados nas fábricas.

Investindo em ações simples e cotidianas, as fábricas conseguem manter a produção e minimizar os impactos ao meio ambiente, aplicando com maestria o conceito de desenvolvimento sustentável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *