Conheça os tipos de reciclagem de materiais

Conheça os tipos de reciclagem de materiais

Toda matéria-prima pode gerar resíduos. Contudo, nem todo resíduo é reciclável. Mas, se o produto se enquadrar no conceito dos 3Rs (reciclar, reduzir e reutilizar), certamente há um tipo de reciclagem adequado para ele.

O Descarte de madeira, por exemplo, é algo muito comum nas indústria moveleiras e na construção civil. Na prática, os resíduos de madeira que sobram, geralmente são separados, triturados e podem se transformar outros produtos, gerando sustentabilidade e economia.

Da mesma forma, existem outros métodos de reciclagem que envolvem situações específicas e espaços adequados. É o caso do trabalho que envolve a reciclagem de ferro, aço ou cobre.

Geralmente, há um Depósito de sucata, justamente para que esses resíduos sejam descontaminados e, assim, reciclados.

Além da madeira e da sucata, ainda existem alternativas para reciclar plástico, papel e outros materiais que podem ser reaproveitados como o vidro.

Cada item tem suas particularidades, mas pensar na importância da reciclagem é algo essencial para todos. Quer saber mais sobre como uma Empresa de reciclagem de papel ou outras empresas podem ajudar nos diferentes tipos de reciclagem? Continue lendo este artigo e entenda melhor os tipos de reciclagem.

Descarte de madeira

Na construção de móveis, nas linhas de operação industrial ou na própria construção civil, a madeira é uma matéria-prima indispensável.

Independente do tipo de madeira, é natural que resíduos e sobras de madeira sejam produzidas. Por isso, o Descarte de madeira é um tipo de reciclagem altamente necessário.

Em um primeiro momento, toda a madeira é separada de outros materiais. Depois disso, há um processo de descontaminação deste material (que pode ocorrer com o auxílio de equipamentos) até que a matéria-prima seja reaproveitada.

Resumidamente, toda madeira pode ser transformada e reutilizada de forma sustentável e econômica. Os produtos que podem surgir neste processo são:

  • Serragem para abrigo de animais;

  • Lascas de madeira para decoração;

  • Lenha para fornos ou fogões;

  • Acabamento de produtos comerciais/industriais.

Depósito de sucata

Sucata é o nome dado para todo material que surge de matérias-primas como aço, ferro e inox em processos de ferrugem e desgaste.

O processo de reciclagem de uma Sucata de inox ou ferro consiste, basicamente, na remoção de elementos tóxicos deste material.

Por isso, é importante ter uma estrutura adequada para que as sucatas passem por um processo de descontaminação antes de serem reaproveitadas.

Com esse tipo de reciclagem, as sucatas ganham muito valor na hora da revenda para a transformação em peças ou reforma de produtos.

Neste contexto, contar com um Depósito de sucata é uma forma de facilitar o processo de reciclagem de maneira adequada. Neste espaço, geralmente, são feitas as seguintes etapas:

  • Separação de sucatas;

  • Análise de produtos químicos e de limpeza que podem ser usados;

  • Remoção de poluentes;

  • Lavagem;

  • Secagem.

Reciclagem de plástico e papel

O Brasil é o 4º país do mundo que mais produz plástico e o que menos recicla. Para se ter uma ideia, apenas 1% de 11 milhões toneladas produzidas por ano são recicladas no país.

Por isso, é muito importante reforçar a reciclagem de Aparas de plástico e de papel. Além de espaços próprios para separação e descontaminação do plástico (em seus formatos distintos) e das aparas, a reciclagem pode ser complementada com a coleta seletiva e mudança de hábitos.

No segundo caso, não optar por embalagens plásticas, preferir sacolas retornáveis no mercado e eliminar canudos plásticos é uma forma de apoiar a causa.

No caso do papel, existem opções como cooperativas ou Empresa de reciclagem de papel. A ideia é que, nestes espaços, o papel também seja descontaminado e reciclado para se transformar em produtos semelhantes, porém, reciclados.

A separação de materiais ainda é a premissa básica para reciclar papel. Tanto que, além das lixeiras identificadas, separar papel de líquidos, gorduras e resíduos orgânicos é algo muito forte para potencializar a reciclagem.

Nos espaços corporativos ou nos setores de arquivos públicos o Descarte de documentos também está se tornando uma forma de reciclagem. Esse processo é feito por empresas especializadas e a ideia é destruir os arquivos de forma sustentável e implementar sistemas de registro digital para alcançar métodos sustentáveis.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre tipos de reciclagem e as principais matérias-primas é hora de pensar em estratégias para executar serviços de reciclagem com qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *