Confira melhor para onde vai todo o lixo

Atualmente no Brasil são produzidas toneladas de lixo. Uma cidade como São Paulo pode gerar 18 mil toneladas por dia, sendo resíduos produzidos em casas, feiras, setores da saúde, etc.

A coleta de lixo é um serviço oferecido por meio do recolhimento realizado de forma segura e organizada, por caminhões e profissionais qualificados.

Desta forma, as instituições responsáveis podem realizar o controle e direcionamento dos resíduos de maneira adequada, prevenindo contaminações, ruas sujas e outros problemas na cidades.

O recolhimento de lixo residencial

Todos os resíduos produzidos e acumulados diariamente em residências são recolhidos por caminhões. Porém, também é importante que todas as pessoas na comunidade possam realizar o descarte de forma correta.

Por exemplo, é importante que o lixo seja disposto nos cestos de lixo e nas ruas no mínimo uma hora antes do recolhimento feito pelos caminhões. É possível verificar os horários e dias disponíveis nos portais das prefeituras.

Colocar os sacos de lixo em uma horário adequado é uma forma de evitar que animais de rua possam rasgar os sacos e sujar ainda mais as ruas. Além disso, colocar os sacos fora do horário correto por gerar multas em algumas regiões.

Além disso, é essencial que, caso dentro do saco possuam objetos cortantes, como pedaços de vidro, as pessoas possam envolvê-los com papéis, a fim de evitar cortes nos profissionais responsáveis pela coleta.

Após o recolhimento feito pela empresa responsável, que pode variar de acordo com a cidade, todo resíduo não-reciclável é direcionado para aterros, para centrais de tratamento ou para a incineração.

A combustão espontânea de materiais é feita em usinas especializadas, que podem utilizar usinas e fornos ao ar livre para reduzir em até 90% da quantidade e volume do lixo de forma rápida, segura e prática.

Esta prática reduz as chances de contaminações, além de evitar que os materiais sejam descartados em áreas verdes. Por isso, incinerar resíduos que não poderão ser reciclados ou nocivos, pode oferecer várias vantagens.

A incineração também pode reduzir riscos de determinados resíduos, como lixos hospitalares, além de contribuir com a produção de energia calorífica, que pode ser convertida em energia elétrica.

Também existem outras formas de direcionar os resíduos e tratá-los corretamente, como a gestão integrada e o gerenciamento ambientalmente adequado dos resíduos, que pode ser feito por meio da integração de catadores, por exemplo.

A reciclagem de materiais

Desde o final do século XX, a reciclagem e a sustentabilidade têm ganhado cada vez mais força em diversos setores na sociedade, contribuindo com a conservação do meio ambiente e o direcionamento seguro e adequado do lixo.

Desta forma, por meio de estudos e aplicação de determinados procedimentos, é possível que materiais que seriam descartados, possam obter outro uso em outras atividades. Para isso, é importante conhecer a classificação de lixos, que podem ser reciclados ou não.

Os processos de reciclagem podem variar de acordo com o tipo de material e, para isso, é importante que os procedimentos sejam realizados por profissionais qualificados, com o auxílio de equipamentos adequados. Os materiais recicláveis são:

  • Papel;

  • Metal;

  • Vidro;

  • Plástico.

Além das empresas, a coleta seletiva de materiais, que podem contribuir com a reciclagem de materiais, pode ser feita com a distribuição de lixeiras adequadas para cada material reciclável e por catadores.

O lixo reciclável pode voltar a ser utilizado, após ser tratado corretamente, passando por determinados procedimentos, que possam tornar os produtos mais seguros e eficientes.

Os catadores são responsáveis por grande parte dos materiais que são direcionados para empresas especializadas em reciclagem. Em razão disso, é possível notar a importância da sustentabilidade para a geração de emprego.

Possuindo um papel essencial para a reciclagem de materiais e a sustentabilidade no planeta, é importante que os catadores possuam equipamentos e ferramentas adequados para a coleta segura e eficiente.

Já com a distribuição de lixeiras recicláveis, é possível que seja feita em diversos espaços públicos e privados, contribuindo com a coleta em locais com grande fluxo de pessoas, por exemplo.

O direcionamento correto do lixo

O direcionamento correto de cada material depende de sua composição, influenciando no tempo e procedimentos que serão executados para seu tratamento e descarte, além de processos que envolvem a reciclagem.

De todas as formas, é essencial que os procedimentos sejam executados por empresas altamente qualificadas, a fim de evitar contaminação e poluição no meio ambiente.

Saber direcionar e tratar o lixo de forma segura e correta, é uma maneira de prevenir problemas que podem afetar o meio social e o meio ambiente a curto e longo prazo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *