Com lei ambiental rígida, empresas precisam se adaptar

Com lei ambiental rígida, empresas precisam se adaptar

As leis ambientais que regem todos os setores e empresas da cadeia econômica brasileira, do comércio à indústria, da área da construção civil à fabricação de produtos alimentícios e de longa duração, estão entre as mais rígidas do mundo.

Possuem punições que atingem tanto as empresas, em forma de pessoa jurídica, quanto o corpo diretor e funcionários diretos, em forma de pessoa física, de modo que são responsáveis por qualquer crime ambiental que venha a ocorrer.

Mas é preciso entender o que é crime e o que é irresponsabilidade, tendo em vista que todo o processo de instalação de um empreendimento comercial precisa de diversos documentos.

De modo geral, passam por variados órgãos públicos para receber um licenciamento ambiental, com a construção de muitos equipamentos que ajudam na defesa em manter o meio ambiente com o menor impacto possível.

Para atender todas as exigências, muitas empresas buscam ajuda em profissionais que trabalham na área, indicando os caminhos para que possam ter uma empresa eficiente, produtiva e rigorosamente sustentável.

Neste quesito, o serviço de consultoria ambiental pode analisar os impactos causados, seja pela construção de uma fábrica, empreendimento imobiliário ou para ampliação de uma indústria.

Importância da consultoria ambiental

A elaboração de projetos que possam minimizar o impacto causado por estes empreendimentos deve ser realizado desde o início.

Pois, analisam todo o meio ambiente em que está inserido, passando por estudos, buscando aprovação de licenciamento, verificando toda a operação que será aplicada no preparo do terreno e o descarte de resíduos sólidos da construção civil.

Como também, o reflorestamento de árvores em um local devidamente planejado e a instalação de todo o projeto, com o viés de sustentabilidade agregado a todo o setor projetado.

Conforme o andamento do projeto avança, a consultoria ambiental SP pode apontar, de forma sólida e sem rodeios, os recursos naturais que serão utilizados dentro de uma indústria.

Por exemplo, o que pode ser economizado, utilizando matrizes energéticas mais eficientes, e que podem contar, até mesmo, com energia limpa, aplicando placas solares, para o uso em determinados aparelhos eletrônicos, além de atender todas as leis ambientais que regem todo o setor.

Em outro aspecto, há as empresas que já estão instaladas, há muitos anos, e precisam se adequar às leis ambientais.

Os consultores podem realizar um estudo, e apresentar um plano de gerenciamento de áreas contaminadas, para que estes locais tenham o menor impacto sobre a vida da população que está ao redor, sem influenciar na poluição do solo e de lençóis freáticos, afetando rios e lagos.

A partir de estudos do local, com a identificação dos responsáveis, é possível verificar, utilizando tecnologia avançada, a concentração de substâncias poluidoras e a possível remoção.

Muitos aterros sanitários e lixões já passaram por um tratamento adequado com a impermeabilização do solo, para que não afetem a saúde do cidadão.

Outras ações que podem ser aplicadas em uma área que passou por uma transformação são:

  • Sistema hidráulico para captação e tratamento de chorume;
  • Captação de gases e distribuição para energia industrial;
  • Bombeamento de água para tratamento;
  • Preparação de terreno para receber equipamentos.

Com a ajuda de profissionais dos mais variados setores, é possível ter áreas devidamente recuperadas, que podem ser utilizadas para diferentes aplicações, envolvendo toda a sustentabilidade que está inserida no setor ambiental.

Reciclagem no campo da tecnologia

O avanço da tecnologia tem criado um problema para o próprio setor que é a reutilização de material com o descarte de eletronicos, que avançou muito no século XXI.

Televisores, computadores, aparelhos de som e, principalmente, os celulares, são, em grande maioria, os produtos que são descartados, conforme um novo modelo surge no mercado.

As empresas que trabalham neste setor têm mostrado preocupação, afinal, são as maiores responsáveis pelo lançamento anual de modelos diferenciados, com acessórios que só funcionam com o equipamento atual.

Com isto, a geração de lixo eletronico só aumenta, pois isto acontece em todo o o mercado de tecnologia. São diferentes equipamentos usados em distintas tarefas que precisam ser atualizados conforme a tecnologia avança.

A discussão sobre a logística reversa deve entrar em pauta dentro das empresas, para que possam reaproveitar peças de aparelhos ultrapassados e economizar em matéria-prima e energia.

De modo geral, é possível criar em lojas especializadas a coleta de lixo eletrônico, para que assim toda a cadeia seja fechada em um elo de sustentabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *