A importância do descarte correto de resíduos

A importância do descarte correto de resíduos

Os resíduos sólidos são materiais, substâncias, objetos ou bens que são descartados resultantes das atividades humanas na sociedade.

O formato que o lixo pode ser encontrado pode variar entre semissólidos, sólidos ou gases em recipientes, assim como líquidos que são inviáveis ou difíceis de serem descartados em redes de esgotos e corpos d’água.

Resíduos produzidos pelas pessoas podem não ter nenhuma utilidade para elas, mas podem ser reaproveitados para outros processos produtivos como uma matéria-prima secundária, categoria que diferencia os resíduos do lixo ou rejeito. O nome resíduos sólido está vinculado ao termo lixo.

Descarte de residuos solidos

Para cada tipo de lixo existe uma maneira correta de descarte, porque, os resíduos são muito diferentes uns dos outros, por isso, precisam ser descartados corretamente, para evitar problemas. Existem resíduos que são:

Resíduos industriais

São lixos que podem estar em forma líquida ou sólida e são considerados prejudiciais ao meio ambiente e a saúde das pessoas. Não podem ser descartados em redes de esgotos, devido à periculosidade que possuem.

Resíduos de limpeza urbana

Qualquer objeto oriundo de varredura de calçadas e ruas, poda e capinagem de espaços públicos. Sendo assim, todos os produtos vindos destas etapas são considerados resíduos de limpeza urbana.

Resíduos hospitalares

Considerados perigosos, os lixos produzidos em hospitais são: seringas usadas, jalecos, produtos usados em procedimentos e entre outros.

Qualquer lixo de hospital pode conter substâncias e agentes causadores de doenças, por isso, precisam ter um descarte correto para evitar sérios problemas, esse processo é conhecido como descarte de lixo hospitalar.

Vestimentas e equipamentos que os profissionais da área da saúde usam, por exemplo, aventais, jalecos e outros itens, quando em contatos com raios eletromagnéticos, são considerados lixos nucleares, devido à incidência dos raios e a exposição. Esse tipo de lixo não pode ser incinerado com outros lixos.

No momento de realizar o descarte do lixo hospitalar é muito importante fazer a separação correta para evitar problemas de contaminação para as pessoas e para o meio ambiente.

Outras formas de descarte

Claro que existem variadas formas de realizar o descarte de resíduos, algumas mais conhecidas e outras nem tanto. Por isso, separamos alguns tipos para esclarecer as dúvidas relacionadas com o tema:

Coleta seletiva

A coleta seletiva, é uma forma de descarte diferenciada, que consiste na separação dos resíduos, de acordo com a sua composição e constituição.

Resíduos que tenham características similares, são unidos num mesmo grupo, que são produzidos pelo gerador e depois são separados para a coleta.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos, determina a obrigatoriedade de metas para a coleta seletiva. Isso precisa pelo menos constar em planos de gestão de resíduos sólidos dos municípios.

A coleta seletiva exige que a separação dos resíduos sejam feitas em grupos, que são:

  • Secos;
  • Úmidos;
  • Orgânicos;
  • Recicláveis.

Alumínio, papel, plástico e vidro são abrangidos dentro do grupo dos recicláveis e são separados em lixeiras coloridas, onde cada resíduos tem o seu local específico.

Realizar a coleta seletiva é uma forma de reaproveitar o lixo, dar um novo destino a ele e diminuir o impacto ambiental, sendo um dos pilares do consumo sustentável.

PEAD reciclado

Abreviação para Polietileno de Alta Densidade. É um tipo de plástico leve que é utilizado para a fabricação de sacolinhas plásticas de mercado, potes de sorvete e frascos.

A reciclagem desse material é muito importante, porque, é o tipo de polímero muito utilizado. O PEAD reciclado possui alta resistência à água e pode ser reaproveitado para uma infinidade de funções.

Tratamento de resíduos

É o conjunto de operações e métodos necessários para respeitar a legislação ambiental e regras que são aplicadas aos resíduos, desde a produção até o seu destino final, com o objetivo de diminuir os impactos ambientais e a saúde humana.

Procedimentos de cuidados intermediários para diminuir o perigo dos resíduos, possibilitando a reciclagem ou reutilização é uma das funções do tratamento de resíduos.

Para atuar nesse tipo de setor ou de qualquer atividade que esteja relacionada ao meio ambiente é necessário obter um licenciamento ambiental.

O licenciamento ambiental consiste em processos administrativos que o órgão ambiental concede uma autorização para instalação e operação de empreendimentos relacionados a área ambiental que são consideradas poluidoras e que possam causar degradação ambiental.

Esse licenciamento ambiental tornaram-se necessários depois da instituição da Política Nacional do Meio Ambiente e a criação de leis proteção ambiental.

Cuidados com o meio ambiente

Realizar o descarte correto e a separação do lixo é muito importante para o meio ambiente, porque, ajuda na diminuição de impactos ambientais, além de ajudar no trabalho das pessoas que recolher o lixo.

Portanto, ter ações conscientes e sustentáveis, começando pela redução e produção de lixo é uma excelente maneira de cuidar o planeta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *