A importância das estações de tratamento de água

A importância das estações de tratamento de água

A água é um recurso precioso para a vida, e não é a atoa, todos os nossos processos químico-físico-biológicos dependem desse líquido valioso. O planeta Terra também é chamado de Planeta Azul, em referência os 75% de superfície de água dos oceanos.

Porém, desse total apenas cerca de 3% é chamada de água doce, ou em outras palavras, a água que usamos para consumo, conhecida também como potável e está distribuída em diversos locais como:

  • Rios;
  • Lagos;
  • Lençóis subterrâneos;
  • Mananciais.

Mas, para que ela seja altamente potável, ou em outras palavras, seguramente potável é importante que ela passe por tratamentos. Esses tratamentos são feitos nas chamadas estações de tratamento, e são duas principais:

ETA – Estação de tratamento de água: que tem como objetivo filtrar as impurezas encontradas nas fontes de água doce.

ETE – Estação de tratamento de esgoto: trata toda a água despejada pela rede de esgoto, de modo a reintroduzir nos rios e diminuindo o impacto ecológico.

Processos de tratamento de água

A água que consumimos é chamada de potável e geralmente está disposta em três etapas antes de chegar em nossas torneiras, são elas: captação, tratamento e distribuição.

A captação trata da retirada da água de seu ambiente natural, isto é, dos rios, dos lagos, mananciais e fontes. Toda essa captação que ocorre antes do tratamento de agua por meio de sistemas de engenharia, como poços artesianos e outros.

Depois disso a água captada é levada por um processo de tratamento, onde recebe um banho químico que ajuda na eliminação de partículas maiores.

Os elementos químicos usados para esse processo é o sulfato de alumínio. Alguns elementos maiores são retirados por meio de telas que impedem a passagem. É encontrado esse tipo de sistema na estação de tratamento de esgoto compacta.

Depois de outros processos a água é encaminhada para a distribuição, e no caso do esgoto, tratado e devolvido aos rios, ou utilizado como água de reuso.

Etapas do processo de tratamento da água

Existem alguns passos extremamente importantes para o desenvolvimento de um sistema de tratamento de água. Importante lembrar que muito dos equipamentos usados nas ETA e ETE são usados também para tratamento de efluentes industriais.

Dessa maneira, os equipamentos para tratamento de efluentes possuem as mesmas qualidades.

As etapas do processo são:

Captura

O primeiro passo é captar a água de diversos locais, como mananciais, rios, e jogá-los em uma primeira triagem para retirada de folhas, galhos, troncos por meio de um sistema de gradeamento.

Depois disso a água é bombeada para a estação de tratamento de água compacta.

Adução

É o transporte da água para o tratamento de água.

Coagulação

Consiste em retirada de sólidos que não se sedimentam. Para isso é aplicado substância coagulante como o sulfato de alumínio. Após a adição do coagulante as partículas começam a se unir de modo que a retirada dessas partículas seja facilitada.

Floculação

Onde a água é fortemente agitada para que o coagulante ajuda na formação de flocos maiores e mais pesados. A agitação feita é mecânica.

Decantação

É o ato de separar essas partículas. A água fica parada e os flocos que são mais densos decantam no fundo do reservatório. Essas partículas são levadas pelo lodo, e o restante é levado para as unidades filtrantes.

Filtros

Depois a água passa pelos filtros, principalmente por diversos filtros, como o de carvão ativado, de areia grossa, areia fina, pedregulho e cascalho e são capazes de reter flocos e outros e outras impurezas.

Desinfecção

Onde é adicionado o cloro e isso garante que a água chegue nas torneiras livres de bactérias e vírus. Em algumas regiões é adicionado flúor. Nessa etapa há também o chamado controle do pH.

Depois disso a água é encaminhada para a reservação e depois a distribuição. Todo esse processo pode ser intermediado por serviço de engenharia ambiental que definirá todas as estratégias possíveis para que o tratamento seja eficiente.

Temos que lembrar que todos esses processos são essenciais para preservar a água e ter um consumo mais consciente.

Além do mais o tratamento de água e de esgoto permite que a sociedade tenha menos problemas de saúde como infecções e doenças bacterianas. Por isso é de grande importância investir nas estações de tratamento de água e esgoto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *