A importância da engenharia ambiental e dos monitoramentos

A importância da engenharia ambiental e dos monitoramentos

A engenharia ambiental é o ramo da engenharia que se preocupa em proteger as pessoas dos efeitos ambientais adversos, como a poluição, bem como melhorar a qualidade do ecossistema.

Os engenheiros ambientais trabalham para obter novas maneiras de melhorar a reciclagem de materiais, obter meios seguros para descarte de resíduos, encontrar cada vez mais soluções para problemas de saúde pública e o controle da poluição da água e do ar, tornando o meio ambiente mais agradável para os seres humanos.

Quando surgiu a engenharia ambiental?

A prática da engenharia ambiental remonta ao início da civilização.

Desde que grupos de pessoas começaram a viver em assentamentos por longos períodos, eles tiveram que lidar com os desafios de fornecer água limpa e descartar resíduos sólidos e esgoto de maneira a não contaminar o ambiente em que estavam.

Com o surgimento e crescimento das diversas cidades, com o advento da agricultura e da produção de produtos e alimentos em larga escala, as pessoas também tiveram que se preocupar com a qualidade do ar e a contaminação do solo.

Nesse cenário, surgiu o monitoramento ambiental, responsável por medir e observar uma grande diversidade de parâmetros naturais, de modo a exercer um controle adequado dos bons níveis desses critérios.

Como funciona um monitoramento ambiental?

O monitoramento ambiental foi projetado para entender o ambiente natural e protegê-lo de quaisquer resultados negativos resultantes da atividade humana. São realizados processos para identificar a qualidade de quatro elementos básicos:

  • Água;
  • Solo;
  • Ar;
  • Biológico;

A identificação de possíveis contaminações exige cuidados, para evitar que o meio ambiente seja afetado e ocorram problemas ambientais posteriores na região.

Monitoramento da água

O monitoramento da água é feito para reunir e analisar informações sobre a sua qualidade, sendo uma parte essencial para garantir que os lagos, os rios, os oceanos, e outros volumes de água sejam seguros e limpos.

A condição química é de fundamental importância e, por isso, os especialistas focam na presença de elementos em sua composição, tais como:

  • De oxigênio;
  • De nutrientes;
  • De óleos;
  • De pesticidas;
  • E de metais.

Esse tipo de monitoramento é feito quando há a necessidade de implantação de poços para abastecimento de regiões, ou na construção de condomínios residenciais, onde a água da região será utilizada para o abastecimento dos moradores.

Monitoramento do solo

No monitoramento do solo são observados fatores tais como a erosão, a contaminação do solo e níveis de sal.

A contratação de monitoramento ambiental para o solo normalmente é feita para verificar a qualidade de um terreno, principalmente para realizar a construção de edificações.

Uma empresa de perfuração precisa obter os dados precisos da superfície onde realizará os serviços, de modo e evitar que problemas estruturais surjam com o passar do tempo.

Além disso, em caso de perfuração do solo é preciso identificar qual seu tipo, utilizando os métodos e técnicas adequadas. Os solos podem ser:

  • Rochosos (compostos majoritariamente de rochas);
  • Argilosos (compostos majoritariamente de argila);
  • Arenosos (compostos majoritariamente de areia);
  • Siltosos; (compostos majoritariamente de silte).

A depender do tipo de terreno, o uso correto da broca no perfurador de solo faz com que o trabalho seja executado com maior precisão, de modo a prevenir futuros imprevistos.

Além disso, o monitoramento de solo pode ser essencial para execução de diferentes tipos de serviços, tais como as sondagens, a perfuração de poços, escavações de grandes proporções e também de serviços mais específicos, como o furo direcional.

Monitoramento do ar

A poluição do ar é uma preocupação crescente em países desenvolvidos e não desenvolvidos. Não só o ar poluído afeta a saúde do planeta, mas também traz consequências prejudiciais para o bem-estar da população, tais como crises de sinusite, dores de garganta etc.

Por isso, a importância do monitoramento do ar é grande, evitando consequências ruins para a saúde.

Monitoramento biológico

O monitoramento biológico é responsável por medir os impactos causados na fauna e na flora de determinadas regiões.

Os estados físicos como a temperatura, os sedimentos e a erosão são levados em consideração para verificação das condições biológicas de vida vegetal e animal. Também são usados para determinar se aquele local foi impactado negativamente.

As avaliações de monitoramento ambiental demonstram resultados de uma qualidade básica do ambiente, descobrindo tendências ambientais, identificando quaisquer variações, determinando o sucesso de projetos e confirmando se as metas ambientais foram ou não cumpridas.

Esses foram só alguns dos motivos pelos quais a gestão ambiental e o monitoramento são essenciais para a preservação do nosso meio ambiente e, consequentemente, de nosso planeta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *